Bolo de arroz cuiabano

Bolo de arroz cuiabano

Leve ao forno até dourar.Leve ao forno até dourar.

 

O bolo de arroz tornou-se um item quase obrigatório na mesa do café da manhã. Principalmente aqueles feitos pelas mãos mágicas da dona Eulália, esta simpática cuiabana. Só para você ter uma idéia, aos domingos, logo cedinho, por volta das 6 horas, dona Eulália e seus filhos já estão prontos para receber seus clientes com leite quente, café, chá, todos de graça, com exceção do produto nobre, o bolo de arroz.

Bolo de Arroz cuiabano

Ingredientes:

-1 kg de arroz socado e limpo
-600g de mandioca ralada
-+ ou – ½ litro de água quente
-2 colheres (sopa) de fermento
-1 colher (sobremesa) de sal
-1 pitada de canela ou erva doce
-100g de coco ralado
-2 xícaras (chá) de açúcar
-½ xícara (chá) de manteiga derretida
-Leite a gosto

Dicas

-Ao colocar a massa nas forminhas, deixe um espaço de 0,5 cm na borda, para não trasbordar.
-Unte as forminhas com óleo
-Se massa estiver muito grossa, coloque mais leite.

Foi com muita simpatia que ela recebeu o Sabor na Mesa para registra esta deliciosa receita cuiabana. Para quem quiser degustar esta delicia, dona Eulália mora na Rua João Fêlix, 470, no Bairro da Lixeira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faça a receita de véspera. Soque o arroz até virar um farelo. Passe o farelo em uma peneira. Reserve.
Rale a mandioca no ralador grosso.
Numa panela, coloque a mandioca ralada e a água quente, até formar um angu grosso.

 

Coloque o farelo de arroz.

 

Acrescente a manteiga, o açúcar, o sal, o coco ralado e a canela.
Mexa bem e depois acrescente o leite. Deixe descansar por 3 horas no mínimo.
Coloque o fermento só na hora de assar. Coloque a massa em forminhas untadas.
Leve ao forno até dourar.

 

[imagebrowser id=6]

3 Comentários

  1. Parabéns pela gostosa reportagem.
    Sou poconeano, estudei em Cuiabá e moro há vários anos no Rio de Janeiro. Sinto muita saudade da gastronomia matogrossense, principalmente do famoso bolo de arroz. Agora vou poder fazer eu mesmo esse maravilhoso sabor de Mato Grosso.
    Muito obrigado.
    Abraço. Elias

  2. Emocionado.

    Hoje, perto de completar 40 anos, ainda me lembro, com orgulho, de quando morava em Várzea Grande (Cristo Rei) e com 11 anos chegava às 5:30hs na casada Irmã Corine, ajudava a assar, exatamente desta forma, preparava a cesta e saía bem cedinho pra vender o bolo de arroz. Depois morei no MS, SP, PR, RS e agora moro em Florianópolis e digo: Nada bate o bolo de arroz, se pudesse iria pro MT só pra comer de novo um desses e matar a saudade…

    Obrigado Dona Eulália! Por esse tesouro!

  3. Ameiiiiiii vou fazer com certeza!
    Sou de cáceres, mas moro em Sp e sinto
    Mtas saudades da comida matogrossense!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pirão de Peixe

Em Mato Grosso come-se muito peixe, influência direta dos índios. Peixe cozido, assado, grelhado, sempre acompanhado de pirão de caldo de peixe.